Instalação e configuração do Koha 19.05 (Software para automação de bibliotecas)

Este post trata de uma atualização de um post antigo para instalação e configuração do Koha. Nesta atualização tratamos da instalação e configuração do Koha 19.05, mas há pouca diferença no procedimento de instalação e configuração para versões próximas.

Esse post também é parte da proposta do Curso de Introdução do Koha Library System.

Em tempo, desfrutem da Wiki do Koha, disponibilizado pelo IBICT, além claro, do ótimo “Guia do Usuário do Koha“, trabalho também coordenado pelo IBICT. Está disponível o Fórum do Koha, também coordenado pelo IBICT para troca de informações e para solucionar dúvidas.

A instalação proposta aqui foi testada em equipamento com instalações do Ubuntu 18.04 LTS 64 bits e do Linux Mint 19.2 64 bits.

A seguir apresentamos os passos para a instalação do Koha.

PASSO 1 – Instalar o Linux Ubuntu 18.04 LTS 64 bits ou o Linux Mint 19.2 64 bits;

PASSO 2 – Configurar as fontes dos pacotes do Koha ao seu programa de instalações de pacotes. Execute as linhas abaixo, uma a uma, no terminal do seu ambiente Linux. O “sudo” inicial de cada comando é para que o comando possa ser executado com permissão de administrador no Linux, isso é imprescindível para o bom funcionamento do sistema. Na primeira vez que usar o “sudo” o Linux pedirá a senha do administrador do sistema, você precisa dela pra executar os comandos.

wget -q -O- https://debian.koha-community.org/koha/gpg.asc | sudo apt-key add -
sudo apt-get update
echo 'deb http://debian.koha-community.org/koha stable main' | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/koha.list
sudo apt-get update
echo 'deb http://debian.koha-community.org/koha 19.05 main' | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/koha.list
sudo apt-get update

PASSO 3 – Instalar o Apache 2

sudo apt-get install apache2

PASSO 4 – Instalar o banco de dados MariaDB

sudo apt-get install mariadb-server mariadb-client

PASSO 5 – Instale o Koha (este processo é demorado)

sudo apt-get install koha-common

PASSO 6 – Desativar o MPM do Apache

sudo a2dismod mpm_event

PASSO 7 – Corrigir pacotes quebrados.

sudo apt-get install -f

PASSO 8 – Configurar portas de acesso ao Koha.

sudo nano /etc/koha/koha-sites.conf

Neste passo destaca-se a necessidade de executar um comando e na sequencia alterar uma informação no arquivo que abrirá. O editor no caso é o nano, é necessário ir com o cursor e alterar as informações descritas abaixo, após a finalização o comando “CRTL + X” fecha o arquivo pedindo confirmação para salvá-lo (digite S para salvar).

Veja que as informações alteradas foram:

Porta interna para 8080
INTRAPORT=”8080“

Porta OPAC para 8888
OPACPORT=”8888“

OBS: Esses valores de portas (8080 e 8888) podem ser outros de sua preferência, entretanto esses valores vão se repetir mais a frente, fique atento. Esses números de porta foram escolhidos para evitar conflitos com outros softwares.

PASSO 9 – Habilitar modo REWRITE e a execução de CGI no apache

sudo a2enmod cgi
sudo a2enmod rewrite

PASSO 10 – Reiniciar o apache para que as alterações entrem em vigor

sudo service apache2 restart

PASSO 11 – Criar a instância de execução do Koha.

Obs: o último parâmetro utilizado é o ‘meukoha’, nome que escolhi para minha instância. Você pode escolher o nome que quiser. Entretanto é importante saber que precisaremos e repetiremos o nome da instância na continuação da instalação.

sudo koha-create --create-db meukoha

PASSO 12 – Instalar a tradução para o Português. Nesse comando podem aparecer algumas mensagens de “warnings”, não se preocupe com elas, vai dar certo.

sudo koha-translate --install pt-BR

PASSO 13 – Configurar o apache para que ele abra as portas 8080 e 8888 (escolhidas no passo 8) para receber requisições Web, para isso vamos editar o arquivo ports.conf.

Insira as linhas descritas abaixo no seu arquivo (veja imagem a seguir), lembre-se que essas portas foram as escolhidas anteriormente para o modulo administrativo e para o OPAC:

Listen 8080
Listen 8888

sudo nano /etc/apache2/ports.conf 

PASSO 14 – Reiniciar novamente o Apache para que as alterações entrem em vigor.

sudo service apache2 restart

PASSO 15 – Quase tudo pronto! Agora vamos começar o processo de instalação do software, por enquanto havia sido só preparação. Para isso deixamos o acesso pelo terminal e vamos ao navegador web (firefox, porque provavelmente só haverá ele instalado) para continuar o processo.

No browser digite o seguinte comando:

http://localhost:8080

Obs: esse será sempre seu endereço de acesso quando estiver na máquina da instalação. Caso queira se conectar de outra máquina via Web deverá usar o endereço IP do equipamento onde foi instalado o Koha digitando (http://XXX.XXX.XXX.XXX:8080)

Para saber o endereço ip da sua máquina use o seguinte comando no terminal:

ifconfig

Veja na imagem onde estará o número IP (no meu caso 192.168.0.27).

Voltando ao navegador web, se tudo deu certo aparecerá a seguinte tela:

PASSO 16 – Serão solicitados o usuário e a senha (de banco de dados) para iniciar a instalação. Para conseguir este usuário e senha será necessário ir novamente ao terminal e digitar os seguintes comandos para saber o usuário e a senha respectivamente:

sudo xmlstarlet sel -t -v 'yazgfs/config/user' /etc/koha/sites/meukoha/koha-conf.xml
sudo xmlstarlet sel -t -v 'yazgfs/config/pass' /etc/koha/sites/meukoha/koha-conf.xml

OBS: no comando, perto do final, existe uma parte do parâmetro que é “meukoha”, que é o nome escolhido aqui para nossa instância, se você escolheu outro nome deve substituir a informação aqui também.

PASSO 17 – Caso seja necessário em algum momento saber a senha de instalação do banco de dados novamente, ela pode ser conseguida também por meio desse comando no terminal:

sudo koha-passwd meukoha

PASSO 18 – De posse do usuário e senha comece o processo!!!! Sempre clicando no botão de continuar. Algumas partes podem demorar a ser finalizadas (Tenha paciência). Na sequência as telas!

PASSO 19 – Aqui é possível escolher se o Koha será instalado sem nenhum dado de exemplo, ou seja, completamente puro, ou então se vai solicitar a inserção de dados de exemplo. Os dados de exemplo podem ajudar muito para quem está iniciando os testes ou aprendendo a mexer no software, para estes usuários eu recomendo os dados de exemplo.

PASSO 20 – Ao criar a senha (e o nome de usuário) de administrador do sistema, anote essas informações, precisará sempre delas para logar no sistema daqui em diante.

PASSO 21 – Sistema instalado, parabéns!! Agora é só logar usando a senha que crio no passo 20.

PASSO 22 – Configurar o idioma.

Após entrar no sistema com o usuário que foi criado no PASSO 19, irá ver todos os módulos do koha, então deverá seguir as seguintes instruções dentro do sistema:

Clicar em Koha Administration, e depois clicar em Global System Preferences e em Seguida no menu a esquerda clicar em: I18N/L10N e então poderá selecionar a opção do idioma em português (tanto para sistema como para o OPAC). Na sequência clique no botão de salvar logo abaixo do quadro.

PASSO 23 – Com o sistema configurado, lembre-se que para acessar o OPAC precisa logar com outro endereço (configuramos a porta 8888, ok).
Acesse no browser: http://localhost:8888 ou então vá pelo endereço IP http://XXX.XXX.XXX.XXX:8888

E ENTÃO Divirta-se!

2 Comentários

  1. Parabéns pelo post, Santarem! Só uma correção: no passo 6 está escrito “Ativar o MPM do Apache”, deveria estar “Desativar o MPM do Apache” pois é utilizado o comando a2dismod (não o a2enmod).
    Abraço, continue com os posts, são muito importantes.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*