Instalação e Configuração – Koha (Software automação bibliotecas)

Conforme publiquei a algum tempo atrás uma receita de bolo para instalar o software de biblioteca GNUTECA, faço agora o mesmo com o software KOHA. A intenção é disseminar o uso do ótimo software de automação de bibliotecas.

Em tempo, desfrutem do Manual do Koha, disponibilizado pelo IBICT.

 

A seguir um conjunto de passos para fazer a instalação e configuração inicial:

1 – Instalar o Linux Ubuntu 14.04 LTS 64 bits ou o Linux Mint 17.2 64 bits.

O procedimento descrito foi testado com essas duas versões de Linux. Testei também com o Ubuntu 15.10 32 bits mas apareceram alguns problemas, portanto sugiro o uso das citadas.

2 – Após instalar atualizar o apt-get

-> sudo apt-get update

3 – Instalar o Apache

-> sudo apt-get install apache2

4 – Instalar o PHP

-> sudo apt-get install php5 php5-cli php5-dev php5-mcrypt php5-curl php5-gd libapache2-mod-php5

5 – Instalar o MySQL e o PHPMyAdmin

-> sudo apt-get install mysql-client-5.5 mysql-server-5.5 php5-mysql phpmyadmin

– observe que tem que digitar a senha para o usuário root do mysql
– depois pode setar o apache2 para configurar como server web (basta marcar)

Depois vai pedir informações sobre o PHPMYADMIN
– senha para conta administrativa
– senha do MySQL para PHPADMIN

6 – Adicionar chave

-> wget -q -O- http://debian.koha-community.org/koha/gpg.asc | sudo apt-key add –

7 – Adicionar repositório do Koha

-> echo ‘deb http://debian.koha-community.org/koha stable main’ | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/koha.list

8 – Atualizar apt-get novamente

-> sudo apt-get update

9 – Instalar KOHA

-> sudo apt-get install koha-common

10 – Alterar o direcionamento das portas, editando o arquivo koha-sites.conf

-> sudo nano /etc/koha/koha-sites.conf

Alterar porta interna para 81

INTRAPORT=”81

Alterar porta OPAC para 82

OPACPORT=”82

OBS: Esses valores de portas (81 e 82) podem ser outros de sua preferência, entretanto esses valores vão se repetir mais a frente, fique atento. Escolhi esses números de porta para evitar conflitos.

Captura de tela 2016-03-24 08.07.28

11 – Habilitar o modo de Rewrite no Apache

-> sudo a2enmod rewrite

12 – Habilitar execução de CGI no Apache

-> sudo a2enmod cgi

13 – Reiniciar o serviço do Apache para que as alterações anteriores tenham efeito.

-> sudo service apache2 restart

14 – Criar a instancia de execução do KOHA

-> sudo koha-create –create-db koha_usp

Obs: o último parâmetro utilizado é o ‘koha_usp’, nome que escolhi para minha instância. Você pode escolher o nome que quiser. Entretanto é importante saber que precisaremos e repetiremos o nome da instância na continuação da instalação.

Verá após a execução que o serviço foi iniciado.

Captura de tela 2016-03-24 08.22.29

15 – Instalar a tradução para o Português.

-> sudo koha-translate --install pt-BR

16 – Configurar o apache para que ele abra as portas 81 e 82 para receber requisições Web, para isso vamos editar o arquivo ports.conf.

-> sudo nano /etc/apache2/ports.conf

Insira as linhas descritas abaixo no seu arquivo, lembre-se que essas portas foram as escolhidas anteriormente para o modulo administrativo e para o OPAC:

Listen 81

Listen 82

Captura de tela 2016-03-24 08.24.48

17 – Reiniciar novamente o serviço do apache

-> sudo service apache2 restart

18 – Quase pronto, agora é necessário realizar a instalação efetiva do software. Para isso acesse no seu browser o seguinte endereço:

->  http://localhost:81

Obs: esse será sempre seu endereço de acesso quando estiver na máquina da instalação. Caso queira se conectar de outra máquina via Web deverá usar o endereço IP digitando (http://XXX.XXX.XXX.XXX:81).

Captura de tela 2016-03-24 08.33.41

19 – Para continuar vai precisar de um usuário e uma senha que foram gerados no momento da criação da instância. Abaixo mostro como recuperar essas informações. É importante notar que na descrição do comando uso o nome da instancia, no meu caso ‘koha_usp’, atente-se a isso se usou um nome de instância diferente (passo 14).

Primeiro o comando para identificar o usuário, que em geral é koha_nomedainstancia (no meu caso é koha_koha_usp.

Para identificar o nome do usuário use:

->  sudo xmlstarlet sel -t -v ‘yazgfs/config/user’ /etc/koha/sites/koha_usp/koha-conf.xml

Veja o resultado:

Captura de tela 2016-03-24 08.43.12

Em seguida deve utilizar o comando para identificar a senha a ser usada, lembre-se novamente que na execução do comando vai o nome da minha instancia:

-> sudo xmlstarlet sel -t -v ‘yazgfs/config/pass’ /etc/koha/sites/koha_usp/koha-conf.xml

Veja o resultado:

Captura de tela 2016-03-24 08.43.32

20 – De posse se usuário e senha, entre no sistema (tela web http://localhost:81) e inicie o processo de configuração.

Captura de tela 2016-03-24 08.42.26

Captura de tela 2016-03-24 08.48.37

Captura de tela 2016-03-24 09.03.21Captura de tela 2016-03-24 09.03.31Captura de tela 2016-03-24 09.03.41Captura de tela 2016-03-24 09.03.51Captura de tela 2016-03-24 09.04.35

21 – Se chegou até aqui é porque deu tudo certo. Atente-se ao próximo passo, penso que para iniciar com o Koha é bem importante.

Captura de tela 2016-03-24 09.04.48

Ele oferece a opção de “instalar ajustes básicos de configuração”, penso que é importante aproveitar as configurações iniciais e pré-configurações do Koha, principalmente para iniciantes no sistema. Portanto clique no link e vá para próxima tela. Inclusive acho interessante marcar os dados de teste – “selecionar todos os dados de teste” –  (tela posterior) para que o sistema fique carregado com informações de exemplo (tipos de usuários, etc).

Captura de tela 2016-03-24 09.12.11Captura de tela 2016-03-24 09.14.16

22 – Estamos quase lá.

Captura de tela 2016-03-24 09.21.12

23 – Use seu usuário e senha para novamente logar no sistema. Os mesmos do começo do passo 20.

24 – Alteração do idioma.

Para fazer isso, ao logar no sistema clique em: Koha_Administration e depois em Global System Preferences e em Seguida no menu a direita em: I18N/L10N e então poderá selecionar a opção do idioma em português (tanto para sitema como para o OPAC).

Captura de tela 2016-03-24 09.24.46

 

Captura de tela 2016-03-24 09.24.56

 

Captura de tela 2016-03-24 09.29.43.png

Resultado:

Captura de tela 2016-03-24 09.30.47.png

25 – Com o sistema configurado, lembre-se que para acessar o OPAC precisa logar com outro endereço (configuramos a porta 82, ok).

Acesse no browser: http://localhost:82

Captura de tela 2016-03-24 09.31.08

 

26 – DIVIRTA-SE!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Revistas – Ciência da Informação (com Qualis CSA)

 

journals-1031563_1920

Revistas nacionais e internacionais da área de Ciências Sociais Aplicadas, mais especificamente de Ciência da Informação.

Agradeço aos alunos Antonio Victor e Lucas Leme que compilaram as informações.

Qualquer informação que possa corrigir ou complementar os dados abaixo é sempre bem-vinda.

NACIONAIS

Revista ISSN Qualis
AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento 2237-826X B5
Archeion Online 2318-6186
Arquivística.net 1808-4826 B4
Arquivo e Administração 0100-2244 inativa
Ágora (Florianópolis) 0103-3557 B1
Biblionline 1809-4775 B1
Biblioteca Escolar em Revista 2238-5894 B3
Bibliotecas Universitárias: pesquisas, experiências e perspectivas 2237-7115 B4
Biblos 0102-4388 B3
BITA: Business and Information Technology Abstracts (Impresso) 1983-490X inativa
BITA: Business and Information Technology Abstracts (Online) 1983-4918 inativa
Brazilian Journalism Research 1981-9854 B1
Brazilian Journal of Information Science 1981-1640 B1
Cadernos de Biblioteconomia 0102-6607 inativa
Cadernos de Biblioteconomia, Arquivística e Documentação 0007-9421 B2
Ciência da Informação (Impresso) 0100-1965 B1
Ciência da Informação (Online) 1518-8353 B1
Comunicação & Informação (UFG) 1415-5842 B2
CRB-6 Informa 1982-775X C
CRB-8 Digital 2177-1278 B5
DataGramaZero 1517-3801 B1
Em Questão (UFRGS, Impresso) 1807-8893 B1
Em Questão 1808-5245 B1
Encontros Bibli 1518-2924 B1
Estudos Avançados em Biblioteconomia e Ciência da Informação 0100-9869 inativa
ETD: Educação Temática Digital 1676-2592 B4
InCID: Revista de Ciência da informação e Documentação 2178-2075 B1
Informação@Profissões 2317-4390 B5
Informação Arquivística 2316-7300 B5
Informação & Informação 1981-8920 B1
Informação & Sociedade (UFPB, Impresso) 0104-0146 A1
Informação & Sociedade (UFPB. Online) 1809-4783 A1
Informação & Tecnologia (ITEC) 2358-3908
Informe: Estudos em Biblioteconomia e Gestão da Informação
Inclusão Social 1808-8678 B4
Intexto 1807-8583 B1
IRIS – Informação, Memória e Tecnologia 2318-4183 B3
LiiNC em Revista 1808-3536 B1
Morpheus: Revista Eletrônica em Ciências Humanas 1676-2924 B5
Múltiplos Olhares em Ciência da Informação 2237-6658 B5
PerCursos 1984-7246 B5
Periódico Permanente 2318-4647
Perspectivas em Ciência da Informação (Impresso) 1413-9936 A1
Perspectivas em Ciência da Informação (Online) 1981-5344 A1
Perspectivas em Gestão & Conhecimento 2236-417X B1
Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia 1981-0695 B1
Ponto de Acesso 1981-6766 B1
RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (Impresso) 0100-0691 B1
RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (Online) 1980-6949 B1
Rebecin: Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação 2358-3193 ??
RECIIS: Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde (Edição em Português, Online) 1981-6278 B1
Revista ACB 1414-0594 B2
Revista Analisando em Ciência da Informação – RACIn 2317-9708 B5
Revista Biblioo 2238-3336
Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG 0100-0829 inativa
Revista de Biblioteconomia de Brasília 0100-7157 inativa
Revista de Biblioteconomia & Comunicação 0103-0361 inativa
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação 1678-765X B1
Revista do Departamento de Biblioteconomia e História 0101-045X inativa
Revista Eletrônica Informação e Cognição 1807-8281 inativa
Revista Ibero-americana de Ciência da Informação 1983-5231 B1
Revista Interfaces Científicas (Online) 2316-3801 B2
Revista Online da Biblioteca Prof. Joel Martins 1517-3992 inativa
RevIU – Revista Informação e Universidade B3
Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação 1983-5116 B1
Transinformação 2318-0889

A1

INTERNACIONAIS

Revista
ISSN
Qualis
(Print) (Online)
Advances in Librarianship 0065-2830 2162-7932
Agenda Cultural Alma Máter 0124-0854
Alexandria (Peru) 1991-1653 B1
Alexandria: The Journal of National and International Library and Information Issues 0955-7490 2050-4551
American International Journal of Contemporary Research 2162-139X 2162-142X C
American Libraries: E-Content 0002-9769
Anales de Documentación 1575-2437 1697-7904 B1
Anuario ThinkEPI 1886-6344
Ariadne 1361-3197 1361-3200
BBF: Bulletin des bibliothèques de France 0006-2006 / 0007-4454 1292-8399
Biblios (Lima) 1562-4730 B1
Biblioteca informacions 1130-9318 2013-7796
BiD: Textos Universitaris de Biblioteconomia i Documentació 1575-5886 B1
Boletín de la Asociación Andaluza de Bibliotecarios 0213-6333 2253-6108
Bulletin de la Bibliothèque nationale du Canada 1492-4668 1492-4676
Cadernos BAD 0007-9421 1645-2895 B2
Canadian Journal of Information and Library Science 1195-096X 1920-7239
Ciencias de la Información 0864-4659 1606-4925 B1
CLIP: Boletín de la SEDIC 1137-0904
Códices – Revista del Programa de Sistemas de Información y Documentación 1794-9815 2389-881X
Comma: International Journal on Archives 1680-1865 2049-3355
Computers in Libraries 1041-7915
Comunicar (Huelva) 1134-3478 1988-3293 A1
Conser Line 1072-611X ??
Correo Bibliotecario 1135-9773 1136-2111
Crítica Bibliotecológica
Cuadernos de Documentación Multimedia 1133-3030 1575-9733
Cuadernos de Gestión de Información 2253-8429
Cybermetrics 1137-5019
D-LIB Magazine 1082-9873
Documentación de las Ciencias de la Información 0210-4210 / 1988-2890 B1
El Cuaderno 2255-5722 2255-5730
Elektronische Zeitschriften zum Bibliotheks und Informationswesen
El Profesional de la Información 1386-6710 1699-2407 A1
Enl@ce: Revista Venezolana de Información, Tecnología y Conocimiento 1690-7515
Enredadera 1696-8239
Etic@net 1695-324X
Études de Communication 2101-0366
Exploit and Exploit Interactive
Forinf@ Revista Iberoamericana sobre Usuarios de Información 1695-6869
IFLA Journal 0340-0352 1745-2651
Infoconexión: Revista Chilena de Bibliotecología y Gestión de Información
Information, Communication & Society 1369-118X 1468-4462 B4
Information Research 1368-1613 A1
Information Sciences 0020-0255 1872-6291 A1
International Journal of Bussiness, Humanities and Technology 2162-1357 2162-1381
International Journal of Humanities and Social Science 2220-8488 2221-0989 B5
International Journal on Digital Libraries 1432-5012 1432-1300
International Review of Information Ethics 1614-1687 B2
Internet Resources Newsletter 1361-9381
Investigación Bibliotecológica 0187-358X A1
Issues in Science & Technology Librarianship 1092-1206
JCLIS – Journal of Critical Library and Information Studies
JEP – The Journal of Eletronic Publishing 1080-2711
Journal of Documentation 0022-0418
Journal of Information Science 0165-5515 1741-6485
Journal of Librarianship and Scholarly Communication 2162-3309
Journal of Library Metadata 1938-6389 1937-5034
Journal of Research on Libraries and Young Adults 2157-3980
Journal of Scientometric Research 2321-6654 2320-0059 C
Journal of The American Society For Information Science and Technology 2330-1643 1532-2890 A1
Knowledge Organization 0943-7444 A1
Library and Information Research (LIR) 1756-1086
Library Leadership & Management 1945-8851 1945-886X
Library Philosophy and Practice (LPP) 1522-0222
Library Trends 0024-2594 1559-0682
Managing Information 1352-0229
MC Journal 1069-6792
Métodos de Información 1134-2838 2173-1241
No solo usabilidad 1886-8592
Páginas A & B. Arquivos & Bibliotecas 0873-5670 2183-6671 B4
Palabra Clave (La Plata) 1853-9912
Progressive Librarian 1052-5722
Revista Archival Science 1389-0166 1573-7519
Revista de Investigación Educativa 0212-4068 1989-9106
Revista de la Universidad de Costa Rica: Educación y Desarrollo Humano 1013-7947 inativa
Revista Documentación 1988-5032
Revista española de Documentación Científica 0210-0614 1988-4621 A1
Revista General de Información e Documentación 1132-1873 1988-2858 A2
Revista Iberoamericana sobre Qualidade, Eficácia e Mudança em Educação 1696-4713 ??
Revista Interamericana de Bibliotecología 0120-0976 A2
RISTI – Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação 1646-9895
Scientometrics (Print) 0138-9130 A1
Scire (Zaragoza) 1135-3716 2340-7042 B1
Slis Connecting 2330-2917
SLIS Student Research Journal 2160-7753
The Code4Lib Journal 1940-5758
The Journal of Community Informatics 1712-4441
TripleC (Viena) 1726-670X B2

*Imagem retirada de: https://pixabay.com/pt/revistas-revistas-velhas-1031563/

Salão de Ideias – Ricardo Queiroz

AINDA HÁ VAGAS!!

Inscrevam-se: feiradolivro@feiradolivroribeirao.com.br

Acontece na próxima sexta-feira o Salão de Ideias com Ricardo Queiroz.

Ricardo Queiroz é assessor da Câmara Municipal de São Paulo e bibliotecário de carreira da prefeitura de São Bernardo do Campo, onde esteve envolvido com o programa Monitores de Leitura.

Para esta palestra, ele ira falar do processo de discussão e aprovação do Plano Municipal do Livro, Leitura e Biblioteca (PMLLB) do município de São Paulo, do qual foi coordenador.

Data: 27/11/15

Horário: 19h

Local: Fundação Feira do Livro Ribeirão Preto – Rua Mariano Siqueira, 81 – Jd América.

ricardo queiroz

Workshop de Preservação Digital cria a Carta de Ribeirão Preto

As instituições públicas e privadas e o Comitê Gestor da Rede Memorial, representados pelos delegados abaixo relacionados, reunidos no Centro de Tecnologia da Informação da Universidade de São Paulo, Campus de Ribeirão Preto, em outubro de 2015, por ocasião do Workshop Preservação Digital, promovido pela Seção da América Latina e Caribe da Federação Internacional de Associações de Biblioteca e Instituições, cônscios de sua responsabilidade social, bem como, da necessidade e oportunidade de se expressarem publicamente, enquanto comunidade de interesse, vem divulgar no presente manifesto sua apreensão e posição para encorajar as autoridades públicas e privadas a adotarem políticas de preservação e acesso aberto aos bens do patrimônio científico, tecnológico e cultural brasileiro registrado em meio digital.

Considerando as recomendações contidas:

– na Carta de Preservação Digital da UNESCO, março de 2003;

– na Carta para Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Brasileiro do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ) de 2004;

– nos objetivos e diretrizes contidas no Plano Nacional de Cultura do Ministério (PNC) criado pela Lei no. 12.343 de 02 de dezembro de 2010;

– nos Dez princípios e compromissos para a digitalização dos acervos memoriais que constam da Carta do Recife 2.0 da Rede Memorial de 2011;

– na Declaração da UNESCO de 21 de setembro de 2012, “Memória do Mundo na Era Digital: digitalização e preservação” (Carta de Vancouver);

– na Lei Cultura Viva, no. 13.018, de 22 de julho de 2014 do Ministério da Cultura, no seu artigo 63; e

– no IFLA Trends Report publicado em 2014,

– nas “Diretrizes para planejamento de digitalização de livros raros e coleções especiais” publicadas pela IFLA em janeiro de 2015.

e reconhecendo ainda os princípios defendidos pela(o):

– Rede Cariniana do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT);

– Articulação civil da Rede Memorial; e

– Programa Nacional de Acervos Digitais proposto pela Coordenadoria de Cultura Digital da Secretaria de Políticas Culturais do MINC;

manifestam inquietação com:

– a formalização da Política Nacional de Acervos Digitais, encabeçada pelo Ministério da Cultura, mas de interesse também dos demais Ministérios frente a sua transversalidade, caráter estratégico e impacto social;

– a pulverização de iniciativas governamentais e institucionais em distintas frentes duplicando o esforço e diminuindo a eficiência do gasto público;

– a demanda de um mapeamento dos acervos digitais custodiados por organizações públicas e privadas cujo conteúdo seja do interesse memorial para o patrimônio nacional;

– a urgência de articulação institucional em prol de uma Política de Curadoria Digital;

– a demanda não atendida de formação e capacitação de profissionais habilitados em Curadoria Digital.

e propõem e encorajam:

– a abertura de um instrumento de consulta pública com vistas a subsidiar a política integrada de acervos digitais, em especial no que se refere à preservação digital;

– a promoção da articulação de projetos, ações e pesquisas das diversas instituições interessadas, com o objetivo de compartilhar iniciativas, recursos,conhecimento e experiências no contexto deste Manifesto;

– o planejamento de um sistema nacional de memória a partir de um diagnóstico que aponte o estado da arte dos acervos digitais de interesse e memória nacional, identificando suas condições e riscos;

– o empoderamento dos delegados que subscrevem este documento, e outros profissionais e grupos de interesse, para atuarem como agentes junto às suas organizações em ações que consolidem políticas institucionais de preservação digital;

– as universidades e instituições de ensino, pesquisa e extensão a desenvolver iniciativas de reforma de seus currículos e criação de cursos de formação que atendam as demandas identificadas nos relatórios que apontam as tendências do século XXl;

– as instituições de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e Cultura, no sentido de garantir e otimizar o processo de preservação e disponibilização da informação produzida, que deve ser de acesso público;

Esse é um instrumento aberto para adesão de interessados em dar suporte às considerações, apreensões e proposições nele contidas.

Ribeirão Preto, 23 de outubro de 2015.

ASSINAM A CARTA:

  • Marcos Galindo – Rede Memorial UFPE
  • Sueli Mara Soares Pinto Ferreira – IFLA LAC/USP FFCLRP
  • Ariadne Chloe Furnival – UFSCar
  • Bibiana Teixeira de Almeida – Embrapa
  • Caterina Groposo Pavão – CPD/UFRGS
  • Claudiane Weber – FEBAB/USP
  • Daniela Maciel Pinto – Embrapa
  • Divino Ignácio Ribeiro Junior – UDESC/LabTecGC
  • Edney Almeida de Brito – Centro Cultural São Paulo
  • Eliane Colepicolo – UFSCar
  • Felipe Augusto Arakaki – UNESP
  • Gabriel Vieira Cândido – PUC-SP
  • Geni Tofolli – Emp. Paulista Planejamento Metropolitano
  • Gisele Laura Haddad – USP/ECA/PPGMusica
  • Graciele Maria de Carvalho – UFOP
  • Ieda Martins – USP FFCLRP
  • Isabel Ariño Grau – UNIRIO
  • José Eduardo Santarem Segundo – USP FFCLRP/UNESP PPGCI
  • Luciana Garcia da Silva Santarem – Unimed Ribeirão Preto
  • Pedro Puntoni – Rede Memorial / Núcleo de Cultura Digital CEBRAP
  • Rachel Lione Banhos – Biblioteca Central USP Ribeirão Preto
  • Rafael Cobbe Dias – UNINTER / Rede Cariniana
  • Vera Mariza Chaud de Paula – Fundação Educacional de Ituverava
  • Vera Viana dos Santos Brandão – Embrapa

 

MANIFESTE SEU APOIO, ASSINE A CARTA

Livro – PENSADORES BRASILEIROS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA

Atualização: o livro já está disponível para aquisição pelo valor de R$ 35,00.

Para adquirir entrar em contato com:
Editora UFPB
Facebook: https://www.facebook.com/editoraufpb/
Instagram: @editoraufpb
E-mail: atendimento.editora.ufpb@gmail.com
Telefone: (83) 3216-7147

 

Temos a honra de anunciar que no XVI Encontro Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ciência da Informação (Enancib – 2015) que acontece em João Pessoa/PB, de 25 a 30 de outubro, estaremos lançando o Livro: “PENSADORES BRASILEIROS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA”, organizado pelos pesquisadores SOLANGE PUNTEL MOSTAFA, MÁRCIA REGINA DA SILVA e JOSÉ EDUARDO SANTARÉM SEGUNDO da USP de Ribeirão Preto, com autoria dos capítulos de diversos pesquisadores da Área da Ciência da Informação ao redor do Brasil.


O livro reúne a experiência pioneira de dez intelectuais brasileiros presentes nas primeiras movimentações da Ciência da Informação no Brasil, a saber: Maria Romano Schreiber, Cordélia Robalinho, Célia Zaher, Jannice Monte-Mór, Nice Figueiredo, Neusa Macedo, Hagar Espanha Gomes, Jaime Robredo e Johanna Smit.

Selecionamos uma segunda geração de autores para apresentar os pioneiros em capítulos assinados por colegas com quem temos alguma aproximação.

Mais do que biografias ou reminiscências autobiográficas delineiam-se aqui percursos epistemológicos de nossa história recente das ciências envolvidas com informação.

Como organizadores deste livro, queremos louvar os homenageados e agradecer aos comentaristas-autores dos capítulos deste livro ao aceitarem a tarefa com a satisfação e a responsabilidade dos que carregam a tocha olímpica, lançando-a sempre mais a frente.

Os organizadores!

Capa do Livro: Pensadores Brasileiros da Ciência da Informação e Biblioteconomia.

Capa do Livro: Pensadores Brasileiros da Ciência da Informação e Biblioteconomia.

Sumário

APRESENTAÇÃO……………………………………………………………………………………………07

1 BRAZILIAN INFORMATION SCIENCE: WHAT IS IT?…………………11

Solange Puntel Mostafa

Márcia Regina da Silva

2 MARIA ROMANO SCHREIBER: PARA UMA HISTÓRIA E PRESERVAÇÃO DO LIVRO…………………………………………………………………….21

Cristina Dotta Ortega

Maria da Conceição Carvalho

3 CORDÉLIA ROBALINHO DE OLIVEIRA CAVALCANTI: UMA ERUDITA NA BIBLIOTECONOMIA………………………………………………………..49

Márcia Regina da Silva

Deise Maria Antonio Sabbag

4 CELIA RIBEIRO ZAHER: PERSONALIDADE DA ÁREA DE INFORMAÇÃO NO BRASIL E NO EXTERIOR……………………………..71

Rosali Fernandez de Souza

5 O CONTROLE BIBLIOGRÁFICO NACIONAL NAS AÇÕES DE JANNICE DE MELLO MONTE-MÓR………………………………………………..95

Mariângela Spotti Lopes Fujita

6 NICE MENEZES DE FIGUEIREDO…………………………………………………….119

Cláudio Marcondes de Castro Filho

7 NEUSA DIAS DE MACEDO EM TRÊS PERSPECTIVAS: PROFISSIONAL, ACADEMICA E PESSOAL……………………………………….129

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

8 BRIQUET DE LEMOS: UM HUMANISTA DO NOSSO TEMPO…..149

Eliane Serrão Alves Mey

9 UM OLHAR SOBRE O PERCURSO ACADÊMICO DAPROFª HAGAR ESPANHA GOMES……………………………………………………….169

Maria Luiza de Almeida Campos

Ludmila dos S. Guimarães

10 JAIME ROBREDO: UM DESBRAVADOR DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO………………………………………………………………………………………189

Lena Vania Ribeiro Pinheiro

11 JOHANNA WILHELMINA SMIT……………………………………………………..205

José Augusto Chaves Guimarães

Dia das crianças – oportunidade para dar livros!

No dia 12 de outubro, comemora-se no Brasil o “Dia das Crianças”, além de celebrarmos a padroeira da nossa pátria.

Como coordenador de um curso de biblioteconomia não poderia deixar de citar a pequena quantidade de livros lidos pelos brasileiros, com certeza reflexo da falta de incentivo a leitura quando ainda pequenos.

Talvez o “Dia das Crianças” seja aquela data que todo pequeno gostaria de receber um presente bem legal, mas também poderia tornar-se uma ótima oportunidade para ser aquele dia especial de incentivo a leitura.

Nos últimos anos eu e minha mulher temos experimentado esse feito e o resultado é sempre surpreendente, é sempre muito bom ver o retorno deles quando recebem um livro de presente.

O livro não é um presente barato, mas é possível encontrar exemplares de R$ 5, R$ 10, R$ 15 e até R$ 20 reais que possam atrair a atenção dos pequenos!

Esses foram os presentes deste ano, custaram ao todo menos de R$ 100 e a escolha foi deles!

Livros

Livros que foram dados de presente no dia das crianças.

Apresento também esse vídeo que já tem algum tempo, quando minha filha ainda tinha poucos dias a mais de 3 anos, mas com certeza retrata o retorno aos pais do incentivo a leitura.

Experimentem, é sensacional!

XII Semana de Estudos em Biblioteconomia e Ciências da Informação e da Documentação

Acontece a partir de amanhã (05/10) até 09/10 mais uma semana do CID.

As atividades serão na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras De Ribeirão Preto (FFCLRP-USP/RP).

Palestras: Anfiteatro Lucien Lison

A partir das 19h30.

Informações e inscrições: sebcid2015@gmail.com

Segue a programação:

Captura de tela 2015-10-04 21.04.07

%d blogueiros gostam disto: