Discurso – VII Turma de Ciências da Informação e da Documentação USP/RP

Agradeço imensamente o convite para ser paraninfo da VII Turma do Curso de Ciências da Informação e da Documentação da USP de Ribeirão Preto.

Segue o discurso proferido na colação.

 

Ilustríssimo Prof. Dr Pietro Giancaglini, que preside esta solenidade, em nome de quem saúdo todos os membros da mesa.

Caros colegas professores, pais, familiares e amigos e especialmente a vocês formandos: Boa noite!

Peço licença a todos a partir de agora para dirigir-me a vocês caros alunos da VII Turma do Curso de Ciências da Informação e da Documentação.

Antes de qualquer coisa gostaria de agradecer aos formandos pelo convite para ser paraninfo dessa turma, isso mostra que é recíproco o carinho que sempre tive por vocês, mesmo tendo participado apenas de metade de vossa caminhada. E por ter sido tão breve e tão intensa a relação com vocês agradeço ainda mais pela recepção que me proporcionaram neste curso e nesta Universidade de São Paulo.

Sei que esta solenidade é muito importante para cada um de vocês, pois marca o final de uma trajetória que muitos traçaram quando ainda eram garotos no colégio. Mais importante ainda deve ser esta noite para os pais, maridos, esposas, filhos e amigos que sempre torceram e acompanharam o esforço e dedicação de vocês, em cada noite mal dormida, em cada jantar solitário, em todo o esforço despendido, sabendo que vocês estavam conquistando a cada dia o direito de estar aqui hoje, tornando-se parte de um pequeno grupo de brasileiros que obtém o nível superior.

Foi muito bom fazer parte desta caminhada e me sinto orgulhoso por cada formando. Reconheço também quanto foi importante aprender tanto com cada um de vocês.  Acredito que isso só pode acontecer porque nos empenhamos em diagnosticar vossas habilidades e dificuldades, reconhecer as iniciativas, cobrar e exigir quando sabíamos que vocês podiam oferecer mais.  Esses detalhes que exprimem respeito e comprometimento mútuos são momentos únicos e tornaram a nossa convivência tão especial.

Vale lembrar mais uma vez que alguns acontecimentos recentes como a lei que garante um bibliotecário em cada biblioteca escolar, a promulgação da lei do acesso a informação e também a legalidade do documento em formato digital, dão ainda mais importância ao diploma que passarão a honrar.  Há um mundo de informação lá fora que precisa de vocês!

Eu queria destacar algo especial desta sétima turma. Os números deste ano colocam este curso de Graduação como o mais procurado do Brasil na área de Ciência da Informação. Não tenho dúvidas de que essa turma é corresponsável por estes números, afinal grande parte dos alunos são pioneiros e vem mostrando para a sociedade que além das bibliotecas o profissional da informação pode contribuir na organização do conhecimento em muitos outros ambientes. Hoje há alunos desta turma atuando na área da saúde, do agronegócio, em ações culturais, em empresas de desenvolvimento de software, no marketing digital, no gerenciamento eletrônico de documentos, na organização da produção científica, na construção da memória institucional das empresas, enfim, são novos caminhos e novos horizontes que estão se abrindo ao profissional da informação.

Bom, durante todo o período de festas do final do ano eu fiquei imaginando o que deveria falar para fechar esta caminhada de vocês, mas percebi que mais importante do que isso é abrir um nova jornada em vossas vidas, uma jornada que será conduzida por cada um de vocês.

Daqui em diante vocês deixam de ser alunos e passam a ser profissionais. Alguns seguirão na academia, outros no mercado, outros ainda, empreendedores, serão responsáveis por novos produtos e serviços. Eu queria apenas relembrar que cada um de vocês PODE e tem capacidade para fazer a diferença.

Eu não quero me alongar, mas gostaria de falar para vocês de um empresário que mandou 2 de seus vendedores  para um outro país afim de vender sapatos. Ao chegar ao novo país o primeiro vendedor liga para o empresário e lhe diz: Senhor, amanhã estarei de volta, é perda de tempo ficar aqui, pois ninguém usa sapatos nesta região. O segundo vendedor liga em seguida e brada: Senhor, ficaremos ricos, aqui ninguém usa sapatos, mande fabricar mais, venderemos todo nosso estoque.

É como esse segundo vendedor que vejo cada um de vocês, empreendedores ousados, criativos, corajosos e determinados. Desejo de todo coração que sejam profissionais sensatos, íntegros, éticos e responsáveis com o meio ambiente e a sociedade.

Tenho certeza que farão a diferença, contribuindo diretamente com o crescimento e desenvolvimento do Brasil, porque vocês podem construir o progresso que esse país precisa com a dignidade que todos nós sempre exigimos.

Eu gostaria de novamente parabenizá-los e desejar muito sucesso!

Um forte abraço e meu muito obrigado!!

JOSÉ EDUARDO SANTAREM SEGUNDO

Paraninfo da VII Turma de Ciências da Informação e da Documentação da USP/RP

11/01/2013

Anúncios

Marcado:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: