Salão de Ideias – Ricardo Queiroz

AINDA HÁ VAGAS!!

Inscrevam-se: feiradolivro@feiradolivroribeirao.com.br

Acontece na próxima sexta-feira o Salão de Ideias com Ricardo Queiroz.

Ricardo Queiroz é assessor da Câmara Municipal de São Paulo e bibliotecário de carreira da prefeitura de São Bernardo do Campo, onde esteve envolvido com o programa Monitores de Leitura.

Para esta palestra, ele ira falar do processo de discussão e aprovação do Plano Municipal do Livro, Leitura e Biblioteca (PMLLB) do município de São Paulo, do qual foi coordenador.

Data: 27/11/15

Horário: 19h

Local: Fundação Feira do Livro Ribeirão Preto – Rua Mariano Siqueira, 81 – Jd América.

ricardo queiroz

Anúncios

Workshop de Preservação Digital cria a Carta de Ribeirão Preto

As instituições públicas e privadas e o Comitê Gestor da Rede Memorial, representados pelos delegados abaixo relacionados, reunidos no Centro de Tecnologia da Informação da Universidade de São Paulo, Campus de Ribeirão Preto, em outubro de 2015, por ocasião do Workshop Preservação Digital, promovido pela Seção da América Latina e Caribe da Federação Internacional de Associações de Biblioteca e Instituições, cônscios de sua responsabilidade social, bem como, da necessidade e oportunidade de se expressarem publicamente, enquanto comunidade de interesse, vem divulgar no presente manifesto sua apreensão e posição para encorajar as autoridades públicas e privadas a adotarem políticas de preservação e acesso aberto aos bens do patrimônio científico, tecnológico e cultural brasileiro registrado em meio digital.

Considerando as recomendações contidas:

– na Carta de Preservação Digital da UNESCO, março de 2003;

– na Carta para Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Brasileiro do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ) de 2004;

– nos objetivos e diretrizes contidas no Plano Nacional de Cultura do Ministério (PNC) criado pela Lei no. 12.343 de 02 de dezembro de 2010;

– nos Dez princípios e compromissos para a digitalização dos acervos memoriais que constam da Carta do Recife 2.0 da Rede Memorial de 2011;

– na Declaração da UNESCO de 21 de setembro de 2012, “Memória do Mundo na Era Digital: digitalização e preservação” (Carta de Vancouver);

– na Lei Cultura Viva, no. 13.018, de 22 de julho de 2014 do Ministério da Cultura, no seu artigo 63; e

– no IFLA Trends Report publicado em 2014,

– nas “Diretrizes para planejamento de digitalização de livros raros e coleções especiais” publicadas pela IFLA em janeiro de 2015.

e reconhecendo ainda os princípios defendidos pela(o):

– Rede Cariniana do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT);

– Articulação civil da Rede Memorial; e

– Programa Nacional de Acervos Digitais proposto pela Coordenadoria de Cultura Digital da Secretaria de Políticas Culturais do MINC;

manifestam inquietação com:

– a formalização da Política Nacional de Acervos Digitais, encabeçada pelo Ministério da Cultura, mas de interesse também dos demais Ministérios frente a sua transversalidade, caráter estratégico e impacto social;

– a pulverização de iniciativas governamentais e institucionais em distintas frentes duplicando o esforço e diminuindo a eficiência do gasto público;

– a demanda de um mapeamento dos acervos digitais custodiados por organizações públicas e privadas cujo conteúdo seja do interesse memorial para o patrimônio nacional;

– a urgência de articulação institucional em prol de uma Política de Curadoria Digital;

– a demanda não atendida de formação e capacitação de profissionais habilitados em Curadoria Digital.

e propõem e encorajam:

– a abertura de um instrumento de consulta pública com vistas a subsidiar a política integrada de acervos digitais, em especial no que se refere à preservação digital;

– a promoção da articulação de projetos, ações e pesquisas das diversas instituições interessadas, com o objetivo de compartilhar iniciativas, recursos,conhecimento e experiências no contexto deste Manifesto;

– o planejamento de um sistema nacional de memória a partir de um diagnóstico que aponte o estado da arte dos acervos digitais de interesse e memória nacional, identificando suas condições e riscos;

– o empoderamento dos delegados que subscrevem este documento, e outros profissionais e grupos de interesse, para atuarem como agentes junto às suas organizações em ações que consolidem políticas institucionais de preservação digital;

– as universidades e instituições de ensino, pesquisa e extensão a desenvolver iniciativas de reforma de seus currículos e criação de cursos de formação que atendam as demandas identificadas nos relatórios que apontam as tendências do século XXl;

– as instituições de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e Cultura, no sentido de garantir e otimizar o processo de preservação e disponibilização da informação produzida, que deve ser de acesso público;

Esse é um instrumento aberto para adesão de interessados em dar suporte às considerações, apreensões e proposições nele contidas.

Ribeirão Preto, 23 de outubro de 2015.

ASSINAM A CARTA:

  • Marcos Galindo – Rede Memorial UFPE
  • Sueli Mara Soares Pinto Ferreira – IFLA LAC/USP FFCLRP
  • Ariadne Chloe Furnival – UFSCar
  • Bibiana Teixeira de Almeida – Embrapa
  • Caterina Groposo Pavão – CPD/UFRGS
  • Claudiane Weber – FEBAB/USP
  • Daniela Maciel Pinto – Embrapa
  • Divino Ignácio Ribeiro Junior – UDESC/LabTecGC
  • Edney Almeida de Brito – Centro Cultural São Paulo
  • Eliane Colepicolo – UFSCar
  • Felipe Augusto Arakaki – UNESP
  • Gabriel Vieira Cândido – PUC-SP
  • Geni Tofolli – Emp. Paulista Planejamento Metropolitano
  • Gisele Laura Haddad – USP/ECA/PPGMusica
  • Graciele Maria de Carvalho – UFOP
  • Ieda Martins – USP FFCLRP
  • Isabel Ariño Grau – UNIRIO
  • José Eduardo Santarem Segundo – USP FFCLRP/UNESP PPGCI
  • Luciana Garcia da Silva Santarem – Unimed Ribeirão Preto
  • Pedro Puntoni – Rede Memorial / Núcleo de Cultura Digital CEBRAP
  • Rachel Lione Banhos – Biblioteca Central USP Ribeirão Preto
  • Rafael Cobbe Dias – UNINTER / Rede Cariniana
  • Vera Mariza Chaud de Paula – Fundação Educacional de Ituverava
  • Vera Viana dos Santos Brandão – Embrapa

 

MANIFESTE SEU APOIO, ASSINE A CARTA

Livro – PENSADORES BRASILEIROS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA

Atualização: o livro já está disponível para aquisição pelo valor de R$ 35,00.

Para adquirir entrar em contato com:
Editora UFPB
Facebook: https://www.facebook.com/editoraufpb/
Instagram: @editoraufpb
E-mail: atendimento.editora.ufpb@gmail.com
Telefone: (83) 3216-7147

 

Temos a honra de anunciar que no XVI Encontro Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ciência da Informação (Enancib – 2015) que acontece em João Pessoa/PB, de 25 a 30 de outubro, estaremos lançando o Livro: “PENSADORES BRASILEIROS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA”, organizado pelos pesquisadores SOLANGE PUNTEL MOSTAFA, MÁRCIA REGINA DA SILVA e JOSÉ EDUARDO SANTARÉM SEGUNDO da USP de Ribeirão Preto, com autoria dos capítulos de diversos pesquisadores da Área da Ciência da Informação ao redor do Brasil.


O livro reúne a experiência pioneira de dez intelectuais brasileiros presentes nas primeiras movimentações da Ciência da Informação no Brasil, a saber: Maria Romano Schreiber, Cordélia Robalinho, Célia Zaher, Jannice Monte-Mór, Nice Figueiredo, Neusa Macedo, Hagar Espanha Gomes, Jaime Robredo e Johanna Smit.

Selecionamos uma segunda geração de autores para apresentar os pioneiros em capítulos assinados por colegas com quem temos alguma aproximação.

Mais do que biografias ou reminiscências autobiográficas delineiam-se aqui percursos epistemológicos de nossa história recente das ciências envolvidas com informação.

Como organizadores deste livro, queremos louvar os homenageados e agradecer aos comentaristas-autores dos capítulos deste livro ao aceitarem a tarefa com a satisfação e a responsabilidade dos que carregam a tocha olímpica, lançando-a sempre mais a frente.

Os organizadores!

Capa do Livro: Pensadores Brasileiros da Ciência da Informação e Biblioteconomia.

Capa do Livro: Pensadores Brasileiros da Ciência da Informação e Biblioteconomia.

Sumário

APRESENTAÇÃO……………………………………………………………………………………………07

1 BRAZILIAN INFORMATION SCIENCE: WHAT IS IT?…………………11

Solange Puntel Mostafa

Márcia Regina da Silva

2 MARIA ROMANO SCHREIBER: PARA UMA HISTÓRIA E PRESERVAÇÃO DO LIVRO…………………………………………………………………….21

Cristina Dotta Ortega

Maria da Conceição Carvalho

3 CORDÉLIA ROBALINHO DE OLIVEIRA CAVALCANTI: UMA ERUDITA NA BIBLIOTECONOMIA………………………………………………………..49

Márcia Regina da Silva

Deise Maria Antonio Sabbag

4 CELIA RIBEIRO ZAHER: PERSONALIDADE DA ÁREA DE INFORMAÇÃO NO BRASIL E NO EXTERIOR……………………………..71

Rosali Fernandez de Souza

5 O CONTROLE BIBLIOGRÁFICO NACIONAL NAS AÇÕES DE JANNICE DE MELLO MONTE-MÓR………………………………………………..95

Mariângela Spotti Lopes Fujita

6 NICE MENEZES DE FIGUEIREDO…………………………………………………….119

Cláudio Marcondes de Castro Filho

7 NEUSA DIAS DE MACEDO EM TRÊS PERSPECTIVAS: PROFISSIONAL, ACADEMICA E PESSOAL……………………………………….129

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

8 BRIQUET DE LEMOS: UM HUMANISTA DO NOSSO TEMPO…..149

Eliane Serrão Alves Mey

9 UM OLHAR SOBRE O PERCURSO ACADÊMICO DAPROFª HAGAR ESPANHA GOMES……………………………………………………….169

Maria Luiza de Almeida Campos

Ludmila dos S. Guimarães

10 JAIME ROBREDO: UM DESBRAVADOR DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO………………………………………………………………………………………189

Lena Vania Ribeiro Pinheiro

11 JOHANNA WILHELMINA SMIT……………………………………………………..205

José Augusto Chaves Guimarães

Dia das crianças – oportunidade para dar livros!

No dia 12 de outubro, comemora-se no Brasil o “Dia das Crianças”, além de celebrarmos a padroeira da nossa pátria.

Como coordenador de um curso de biblioteconomia não poderia deixar de citar a pequena quantidade de livros lidos pelos brasileiros, com certeza reflexo da falta de incentivo a leitura quando ainda pequenos.

Talvez o “Dia das Crianças” seja aquela data que todo pequeno gostaria de receber um presente bem legal, mas também poderia tornar-se uma ótima oportunidade para ser aquele dia especial de incentivo a leitura.

Nos últimos anos eu e minha mulher temos experimentado esse feito e o resultado é sempre surpreendente, é sempre muito bom ver o retorno deles quando recebem um livro de presente.

O livro não é um presente barato, mas é possível encontrar exemplares de R$ 5, R$ 10, R$ 15 e até R$ 20 reais que possam atrair a atenção dos pequenos!

Esses foram os presentes deste ano, custaram ao todo menos de R$ 100 e a escolha foi deles!

Livros

Livros que foram dados de presente no dia das crianças.

Apresento também esse vídeo que já tem algum tempo, quando minha filha ainda tinha poucos dias a mais de 3 anos, mas com certeza retrata o retorno aos pais do incentivo a leitura.

Experimentem, é sensacional!

XII Semana de Estudos em Biblioteconomia e Ciências da Informação e da Documentação

Acontece a partir de amanhã (05/10) até 09/10 mais uma semana do CID.

As atividades serão na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras De Ribeirão Preto (FFCLRP-USP/RP).

Palestras: Anfiteatro Lucien Lison

A partir das 19h30.

Informações e inscrições: sebcid2015@gmail.com

Segue a programação:

Captura de tela 2015-10-04 21.04.07

UNESP Marília – Pós-Graduação em Ciência da Informação – 2016

posci

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação tem como linha mestra o estudo crítico das metodologias utilizadas para tornar a informação disponível e acessível, mormente com o uso das tecnologias que propiciem a construção do conhecimento científico, tecnológico e social na atualidade, com especial ênfase ao papel da gestão, organização, produção, representação, mediação e uso da informação como matéria-prima para o desenvolvimento do conhecimento.


Vagas:
Mestrado: 18 vagas
Doutorado: 18 vagas

Período de Inscrição
10 de agosto a
11 de setembro de 2015

Avaliação CAPES
Mestrado Acadêmico: 6
Doutorado: 6

Poderão se inscrever no processo seletivo os portadores de diplomas de curso superior na modalidade licenciatura ou bacharelado, reconhecidos pelo MEC e portadores de diploma de graduação em cursos superiores de Tecnologia com no mínimo 2.000 horas/aula.


Linhas de Pesquisa


Mais Informações [08h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00]
FUNDEPE
Fundação para o Desenvolvimento do Ensino, Pesquisa e Extensão
Av. Vicente Ferreira, 1346 – Cascata
CEP: 17515-000 – Marília/SP
Fone: (14) 3311-9500
http://www.fundepe.com/posci/

Palestra: Lidando com documentos eletrônicos no escritório jurídico: soluções livres para escritórios.

No dia 03/07/2015, a partir das 19h, estaremos em Bauru para participar do I Congresso de Startups Jurídicas, Estratégia e Empreendedorismo na Advocacia.

O evento é promovido pela OAB Bauru 21. Seção.11357254_922291787814733_3740749692179254812_o

As palestras ocorrerão na Casa do Advogado de Bauru, Av. Naçoes Unidas, 30-30.

A palestra “Lidando com documentos eletrônicos no escritório jurídico: soluções livres para escritórios” abordará principalmente a questão da gestão de documentos nos escritórios de advocacia e apresentará propostas de Gestão Eletrônica de Documentos para os escritórios.

11540938_675263945937048_4517351487316223059_n

%d blogueiros gostam disto: